segunda-feira, 21 de maio de 2018





                                                   
                           SURPRESA NO CEMITÉRIO
                                A COROA MISTERIOSA
                   Esta é uma narrativa baseada em fatos reais.
                   Tudo aconteceu no cemitério da Irmandade de 
                                 Santo Antônio dos Anjos da Laguna.
                                       ===============

Como  de hábito a viúva chegou ao Campo Santo abraçando um lindo ramalhete de rosas colombianas.
Flores, cheirando a saudades.
Ao aproximar-se do túmulo do falecido, companheiro de  muitas décadas,  sentiu um frio na barriga e um aperto no coração.
___ Imagine-se você, chegando ao  jazigo de seu  esposo e encontrar, grudado na lápide,  um  maravilhoso  adorno floral, em forma de coração e, sem qualquer identificação?
A Salete do Gonçalo ficou muda, estática, sem acreditar no que via.
___ Seu querido “ Beijoca” com um caso extraconjugal?  Impossível!                                                                                                       Porém ficou com a pulga atrás da orelha. Não conseguia tirar a coroa da cabeça.
Uns telefonemas serviram para tirar algumas dúvidas.
Nenhum dos filhos encomendara ou levara flores ao túmulo do pai.
Uma católica praticante como ela, acredita na vida após a morte. Nova existência, novos amores.
___ Não acredito que meu falecido esposo seja um espírito infiel.
___ Infiel? Jamais.
___ O padre foi claro quando disse, diante de testemunhas:
Na saúde e na doença, ATÉ QUE A MORTE OS SEPARE,  portanto, agora, ele seria um fantasminha, solteiro.
___ E como seriam os romances nesse mundo etéreo:
         Amor platônico ou  telepático?






___ Numa transa entre almas os amantes sentiriam os prazeres da carne?
                                      ========
___ Vamos cair na real, a coroa misteriosa não era coisa de outro mundo.
As flores colocadas no túmulo do seu querido “ Beijoca” eram destinadas a outro defunto. Com certeza erraram de endereço.
___ Como descobrir o verdadeiro destinatário?
Ela não poderia, simplesmente, colocar a tal  coroa na cova de outro morto.
___ Não poderia comprometer a vizinhança e, muito menos, colocar chifre na viúva errada.
___ Ou poderia?
                                       =====
Dizem,  que dona Salete, ao deixar a cidade dos pés juntos, carregava no rosto, aquele sorriso, matreiro, de criança que acabara de fazer alguma traquinagem.
                                       ======
___ Portanto, minha amiga viúva, não estranhe se, ao visitar o cemitério da Irmandade encontrar uma “ coroa”, no colo do falecido.

============================




A CIDADE EM BUSCA DO SINO ROUBADO.
                           
Aconteceu, no prédio do Cine Mussi, um seminário para tratar do assunto, reunindo arquiteto, museólogos e pesquisadores.                                __ Dúvida atroz! O sino do museu deveria, ou não, ser substituído por outro?
                                            ======
Um dos técnicos teria afirmado, que o tal sino não era tão histórico como dizem. Tratava-se de uma sineta.
                                               =====
Assim, escreve Saul Ulysséa, em seu livro “ Laguna de 1880”:
“ No prédio onde foi proclamada a República  Catarinense” em 1839, no alto  da escadaria existia um SINO,  que servia para anunciar a hora das audiências e chamada de jurados.
NO VERÃO, às 22 horas, e no INVERNO às 21 horas, o SINO indicava a hora do fechamento das casas comerciais, e a dos escravos se recolherem às casas de seus respectivos senhores
...)”.
    Convenhamos. Fazer tudo isto com uma sineta, o sineiro deveria ter sido eleito, o BADALO do ano..
                              ==========================
SUMIÇO
 Valmir Guedes Junior, em seu blog, apresenta uma relação de objetos que sumiram, dos museus, igrejas e de prédios tombados.
    Eu acrescentaria, também, o penico do Conde D´Eu.
__ Foi aberto sindicância?
___ Sim.
___ E o que encontraram?
___ Titica!
                                   ================

                         CONFIRMADA A MARATONA DO PADROEIRO
                   


Este ano, na trasladação, o santo vai mesmo sair da Capela de Santa Terezinha, no bairro do Mar-Grosso. Uma longa caminhada, prova de resistência para os “atletas da  Fé” e um perigo para integridade física da preciosa imagem do padroeiro Santo Antônio.  Esculpida em madeira, no século XVIII, na Bahia.
                                                       =====.====
E os políticos que, tradicionalmente, acompanham o cortejo, à frente do andor, irão encarar a maratona deste ano?
Prefeito Mauro foi visto recebendo vacina  de Ômega 3. Preparativos para não fazer feio na frente do Santo Antônio.

                                  
E a Primeira-Dama do Município vai enfrentar a jornada religiosa calçando os sapatos de salto alto que costuma usar?

                                       ==============
O atual Provedor da Irmandade  de Santo Antônio é uma pessoa muito ativa e adora inovações. Na festa do Padroeiro do ano passado ele mandou colocar cordas, separando o andor do santo, do povão.
Comenta-se, segredo de sepultura, que ele estaria para o próximo ano, pensando em criar “ Abadás” para os festeiros.
                                   ===============
    REIVINDICAÇÃO APOSTÓLICA 
            Reverendo Padre Itamar
Sou devoto de Santo Antônio dos Anjos. Não perco uma missa, às terças-feiras, às 6,3o horas da manhã. Não dispenso banho de água benta.
     MFui coroinha e festeiro do nosso padroeiro.
Natural da localidade de Barbacena, onde, por duas vezes fui festeiro de São Judas Tadeu.
         Aproveitando essa fase de Santo Antônio andarilho reivindico que, na trasladação do próximo ano,  a imagem saia da Capela de São Judas Tadeu.
                                Assina: devoto Edésio Joaquim.
                             ===================================
                          

                                         
                                                                                                                                   A “União dos artistas”,  nossa banda  de música, centenária elegeu sua nova Diretoria. Caras novas, dispostas a conseguir captar recursos, nem que para  isto tenham que “botar a boca no trombone”.
Sidnei Ribeiro, Carlos  Augusto Baião da Rosa, Fernando Schieffler Lopes, Edésio Joaquim, Márcio Carneiro prometem ir à luta, inclusive,apelando para os lagunenses que residem em outra cidade.



                                    ================
 LA VIE EN ROSE   ( A vida em cor de rosa)
Ex prefeito Everaldo e o atual, Mauro Candemil.
Com certeza, após a troca de acusações, a cena ganhou mais de 50 tons de cinza.
                                       ================



Elvis  Palma, o repórter fotográfico da cidade, agora está também fotografando, eventos, religiosos, cívicos, esportivos, inaugurações etc.                                                                                                É chamado para cobrir bodas, aniversários, batizados e casamentos.
         Dizem, que já foi até convidado para fazer um  “look” de Lua de Mel.
___ Mais uma missão para “ O Careca”.                                 =================

Nenhum comentário:

Postar um comentário

                                                                                    DIA DA SANTA GULA                                ...