sexta-feira, 11 de maio de 2018



                        
                LAGUNA É UMA CIDADE CHEIA DE GARÇA






... E DE UM POVO QUE PRECISA REAPRENDER A CORRER ATRÁS DE SEUS SONHOS.




               =============

LAGUNA É FILHA DO MAR...




... mas, enquanto as tainhas não chegam, as garças fazem pose:









E, depois, partem em direção ao ninho à espera de um novo dia.






As gaivotas são “fominhas” ora




....aguardando as sobras do boto, entre os pescadores do Pontal, ou disputando com o urubu, o lanche do dia.

 Como diz o ditado popular, farinha pouca, meu pirão primeiro...




=================================



                 SÍMBOLO  DE NOSSA PERSEVERANÇA.

            ___ HUFA!  Já estive mais longe...








============================================================


            “CASA DA GENTE”  OU CRECHE
                                                                                                                           DA IRMÃ MARIA.







Recém chegada da África, a missionária Irmã Maria, espírito inquieto com as desigualdades sociais, buscou organizar uma ONG em uma localidade carente do município.
Escolheu o “ Loteamento dos Sem Terras”  no bairro de Barbacena. Um lugar esquecido pelo Poder Público. Uma população convivendo  com usuários de drogas.
                                =====
Tinha que começar do nada.
A mulherada da Laguna abraçou o sonho da Irmã Maria. O terreno foi comprado.
As doações continuaram chegando. Foram muitos os corações solidários.                                                                   Em dois anos a obra estava pronta.                                            Nascia a Creche Casa da Gente”, mais conhecida como Creche da Irmã Maria.
                            ===========
Como na parábola do semeador, a semente  caiu em solo fértil.
Não é  uma creche comum, mas uma força  capaz de transformar  a comunidade em que está inserida.
Trabalho, respeito e credibilidade. Com esses ingredientes a “ Casa da Gente” conquistou o coração do povo.
                                      =========


Os violões, os computadores, a biblioteca e o parquinho estão à disposição das crianças e  dos jovens da comunidade. Aulas ministradas por voluntários.









As pessoas  que assistem as palestras, aos sábados, ganham uma bolsa de alimentos.
Para as aulas de reforço aos alunos da comunidade, a Irmã Maria, no momento, está precisando de uma voluntária.
                                =======
A Creche da Irmã Maria não recebe nenhuma ajuda dos Poderes Públicos.
___ E, como sobrevive, com tanta pujança e otimismo?
__ Graças ao milagre da solidariedade.                           Quando a coisa aperta, eis que surge um Anjo salvador.
Que a Graça de Deus recaia sobre os doadores, enfim, a todos os amigos da “ Casa da Gente”.
                          ============
Logo após ser eleito, o prefeito Mauro Candemil, com todo o seu “staff” reuniu-se com a Diretoria  da Creche “ Casa da Gente”, incluindo Irmã Maria e o presidente Dr. Joel Lorenzoni . Prometeram mundos e fundos, além de professora, merendas e merendeira.
Promessas vãs. Nada foi cumprido.
                              =========

MÉRITO
Marinho Fernandes, também conhecido como “ Marinho do galo velho” foi homenageado pela Polícia Militar, por ocasião das comemorações dos 183 anos da corporação.
                                ======
Ao lado do quartel, com recursos próprios, Marinho calçou uma rua, incluindo meio-fio e ajardinamento.









                                                         =============================



                                   A MARATONA DO PADROEIRO






Somente agora, após a publicação da programação da Festa do padroeiro Santo Antônio é que os fiéis e alguns  “Irmãos” tomaram conhecimento do trajeto da trasladação deste ano.
A belíssima, inigualável e valiosíssima imagem de Santo Antônio será submetida a uma maratona de quase 20 quilômetros ( ida e volta até a Capela de Santa Terezinha, no bairro do Mar-Grosso).
Uma temerária peregrinação, por ruas esburacadas e  mal iluminadas.
Em caso de qualquer dano à imagem,  que as autoridades paroquiais, sejam responsabilizadas.
=========================================







A LOMBADA E O BADALO







Secretário Renato Checo já se preparava para iniciar a construção de lombada na  Avenida Calistrato Muller Salles ( Portinho) quando foi barrado pela burocracia.
Faltava o “parecer” da Comissão pertinente, constituída por arquiteto, engenheiro de tráfego, Polícia Militar, psicólogo e de um ténico em eletrônica.
Tratava-se de uma  lombada eletrônica, com sensores capaz de assinalar a placa dos veículos, sexo dos motoristas e até o tipo de sangue dos condutores. Coisa sofisticada.
                               =========
Detalhe: A tal Comissão, não existe mas deverá ser nomeada antes da inauguração do Mercado Público ou, quem sabe, após a retirada do tapume do antigo Hotel Rio Branco.
Deus queira que a lombada não acabe em “lambada”
                              ========
Outro assunto badalado.                                                              Vão  realizar Audiência Pública para decidir sobre a substituição do sino roubado do Museu.
__ Eles querem um sino novo com badalo velho ou sino velho com badalo novo?
==========================================


                 

                 


































             


Nenhum comentário:

Postar um comentário

                        1676 – 2018   - LAGUNA COMEMORA 342 ANOS.                                       ==========               ...