segunda-feira, 5 de junho de 2017


                                             


                                       O FLAUTISTA DE HAMELIN



                         
                   
A população de Hamelin estava desesperada. Os ratos estavam por toda parte, campo e cidade. Nas residências, escolas, choupanas e palácios.
Uma praga incontrolável.
                            =======

Certa manhã aparece na cidade um flautista com a seguinte proposta:
__ Se me pagarem uma moeda, por cada rato, eu livro a comunidade de todos esses roedores.
Negócio fechado.
                                   =======

Os ratos foram atraídos pelo som daquela flauta mágica e seguiram o flautista até ao rio onde morreram afogados.
Aliviados, os moradores deram o calote. Não pagaram ao flautista.
                             ===============

No domingo, enquanto todos estavam no culto, o flautista retornou, atraiu todas as crianças, e sumiu com elas.



                                ===========




A população brasileira, embora desconfiasse, não imaginava,  a quantidade de ratos que estava devorando as finanças públicas, e contaminando a sociedade com o terrível vírus da corrupção.                                                               Doença que engorda as contas dos ratões, e deixa debilitada a saúde financeira  da nação, com reflexos negativos  nos serviços públicos oferecidos às camadas mais carentes da população.

Mas, não há mal, que sempre dure...
================

                              

 

Quando as ratazanas tinham tudo dominado, Palácio do Governo, Congresso Nacional, comando das estatais, empreiteiras, ex-presidentes da República e partidos políticos, eis que surge o Juiz MORO,

         O  FLAUTISTA DE CURITIBA       



Disposto a caçar os ratos, em cada toca, em cada ninho.
E, assim, foi feito.                                                                                                                               Aos acordes da  toada da moralidade pública, os ratões foram caindo na ratoeira, expostos à execração pública.
                                  ==============


“ O rato tantas vezes vai ao moinho, que um dia deixa o focinho”.
                         ====.====

Porém, assim como aconteceu em Hamelin, se o povo não cumprir a sua parte, exigindo reforma política e respeitabilidade no trato com a coisa pública, a começar por suas comunidades, o flautista vai voltar e a sociedade pagará um alto preço.

 “O preço da liberdade é a eterna vigilância”.



O SESC TAMBÉM É SEXI 

   A casa dos dois cachorros já foi residência do Donga Mattos, primeiro vice-prefeito da Laguna, Coletoria Estadual e, Secretaria da Educação. 
Os dois cães de porcelana, que ornamentam a entrada da casa, já despertaram a cobiça de colecionadores, em mais de uma ocasião.
Estão meio desleixados, necessitando de cuidados especiais.
                              ======

No entanto, ultimamente, eles voltaram a ter um estranho brilho no olhar. 



 





Descobri que eles estão de olho na casa vizinha, apaixonados pela dona do quintal.
Realmente a “encalorada” é uma moça capaz de despertar os instintos até de animais inanimados.
                                ========             
                                                                                                                         A “encalorada” mora na casa que pertence ao SESC.
      

                                                                                                 O PULO DAS PERERECAS             



Tono Laureano, o rei das águas, secretário de Pesca e Agricultura, acostumado a engolir sapo, não resistiu aos apelos que vem do brejo, e nomeou três pererecas, uma delas veterana, ex-integrante do governo de Everaldo.







          
====================


                                                                                             PERERECANDO
   Prefeito Municipal  continua o festival de nomeações e de criação de cargos.
Cargos de Eletricista, Assessor  de Gestão de Contratos e Licitações, Secretário Executivo de Gabinete e supervisores (3) de: Atenção em Saúde, de Enfermagem, Comunicação e publicidade. 
Outros estão a caminho.
                             =================


O PASTOR DA CPI

Vereador Moraes, relator da CPI , ao fazer relato do seu trabalho, foi didático, sem contestar nenhuma das informações recebidas do Executivo, fez  tão somente, algumas recomendações.
Como um pastor, que conhece o seu rebanho, recebeu o amém unânime da platéia.
                                  =======




Osmar  do gás, autor da proposição que criou a CPI aceitou o relatório, sem contestação. O edil, sempre bem falante, não deu um pio. A tudo aceitou resignado.


___ O que estarão pensando seus eleitores? 


========================================




                   

Presidente Cleosmar Fernandes, também, nada contestou.


___ A “Perereca gate” a cargo do Ministério Público, a quantas anda?
=====================================

ATRAPALHADAS NO FAROL

  Convites foram feitos. As maiores autoridades políticas do estado estariam lá, na localidade de Farol de Santa. Comunidade marcou presença,  finalmente a Ordem de Serviço para o asfaltamento da estrada que liga a SC 100 ao Farol iria ser assinada.
Como de fato o foi.
Máquinas na pista, prontas para iniciar os trabalhos.
                                      ======
No dia seguinte, obra foi embargada, antes do seu início. Falta de Licença Ambiental.
Ninguém sabia?
Quem seriam os responsáveis por aquela trapalhada?
                              ======
Saímos à cata dos culpados e logo encontramos alguns suspeitos. 
" Os Trapalhões", os " Três Patetas" e o " Chaves".













___ Chaves foi o único que aceitou fazer delação premiada, porém, só  depois de tomar uma boa  tequila na Pousada do Baiuca, no Farol.
=======================================






                             


                                                                                                                                                                                                                                      QUADRINHOS
Toda vez, que o Comissário Gordon precisa do Batman, projeta no céu o sinal do morcego.
A condução do Batman é o batmóvel.
                              ==========

O veículo do fotógrafo Elvis Palma é a internet.

Em Laguna Elvis é mais solicitado que o Batman em Gotham City.
        Precisamos criar um sinal para chamá-lo através das Redes Sociais,
                            =============

O programa “Panorama” poderia promover um concurso entre os internautas para a escolha da melhor ideia.
=========================================

GRAVATÁ TRAIL RUN
Um sucesso a corrida pelas trilhas da região da ilha, com saída e chegada na Ponta da Barra.

Os participantes tiveram a oportunidade de correr sem perder de vista a maravilhosa paisagem.                             









  
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

                                                                                                                                           ...