domingo, 21 de maio de 2017




     




              SÃO “TONICO” DOS ANJOS.

Santo Antônio é o santo mais venerado pelos católicos.

Ele é o padroeiro dos militares.

O Governo Imperial do Brasil concedeu-lhe a patente de tenente-coronel.
Ele figurava no Almanaque Militar com o nome de tenente-coronel Antônio.
Na Capitania da Bahia ele era capitão. Em São Paulo, coronel.
Em Pernambuco, Espírito Santo e Paraíba era soldado raso.
Recebia soldos que eram pagos a conventos e irmandades.
                          ==================

Em Laguna, ele tornou-se mais humano  e a todos recebe com um sorriso de boas vindas. Sua devoção derruba as barreiras religiosas. Todos gostam do nosso Santo Antônio independente do credo que professam.

Aqui, na santa terrinha, Antônio se transformou no SÃO TONICO, um lagunense. Um santo com super poderes, mas, acima de tudo, um amigo na praça.


“Se milagres desejais/ recorrei a Santo Antônio”.
                                         =======




               Imagem barroca do início do século XVIII.
                                  ================


A ROUPA DO MENINO.






Senhoras disputam o privilégio de fazer a roupinha com  que o Menino Jesus desfilará naquele ano.
                                              ========


Muito concorrido, também,  é o ritual dos bilhetinhos colocados no braço oco do Padroeiro.
Após o término das festividades, antes de ser recolocado no altar-mor, devotos colocam seus pedidos, em forma de bilhetes, dentro do braço do santo. Ali permanecem até o ano seguinte.

    As flores do andor são distribuídas entre os fiéis, ao término da festa.
                                              = ==.===

As trezenas rezadas em latim, com banda e coral são espetáculos de cultura e fé. Emocionam. Comovem. Um bálsamo para a Alma.
A cada noite, distribuição de pãezinhos e das lembrancinhas.
                                      ========

No folclore casamenteiro, as mocinhas aspirantes ao matrimônio deveriam assistir às Trezenas, sempre, com a mesma calcinha.
                                         ======

        A paradinha.

Na trasladação, ou na procissão, se o andor parar diante de uma residência, casamento à vista. É só preparar o enxoval.
Terá que ser uma paradinha, casual, nada de forçar a barra.
                                                ======

O milagre.


Ladislau Domingues Cavalheiro, o “seu” LALAU, foi o mais famoso sacristão da paróquia. Cuidou  da Matriz,  durante 50 anos.
    Certa ocasião, estava ele  na sacristia, Igreja fechada, quando escutou arrastar de bancos. Correu até o centro da Matriz. 
Nada de anormal.
Retornou à sacristia.  Novamente, o mesmo barulho.

___ Isto é coisa de Santo Antônio, pensou.

Novamente,  no centro da igreja, desta vez, olhando para o altar-mor.
Uma vela acesa, já caída, começava a incendiar  as toalhas do altar.
                                ======


2) – Voltando da pescaria, à noite, deitou-se e dormiu, porém logo despertou, assustado.
Em sonho,  Santo Antônio lhe dizia, que havia fogo na escada do coro.
Levantou-se, e correu até lá. Morava perto.
De fato, o corrimão estava pegando fogo.

Em 1944, quando a escada foi substituída, encontraram vestígios do incêndio.
___ Com Santo Antônio não se brinca!
                                     =========

Quermesses.


Muita gente, que ajuda na festa, não é católica. São atraídas pela magia de “São Tonico”. Todo ano estão ali, trabalhando com alegria e de graça.
A moça da barraca e o cavalheiro reencontraram-se.                                       Haviam sido namorados na adolescência.                                                      A vida os levou por caminhos diferentes. Casaram, tiveram filhos.
Novamente solteiros, por  obra e graça de  Santo Antônio voltaram a se encontrar, numa festa do Padroeiro.

___ Acredite, com o “Tonico” não se brinca.
                     ======================



COMO TUDO COMEÇOU!

Em 1676, o fundador Domingos de Brito Peixoto organizou a primeira procissão de Santo Antônio, do barco até à capela, na encosta do morro




.Cabeça da primitiva imagem portuguesa de Santo  Antônio.
                                                 ===========






Menino Jesus da primitiva imagem de Santo Antônio.
Como dizia Nail Ulysséa, a  pesquisadora da Matriz, imagem com anatomia completa.
                             ==================


Historinha comprometedora.
     O casal de turista entra na Matriz, acompanhado por um pseudo Guia Turístico.
Diante da imagem do padroeiro Santo Antônio o Guia foi logo dizendo:
__ Este Santo foi o primeiro marido da heroína Anita Garibaldi. Depois que ela o trocou pelo Giuseppe Garibaldi, ele, desgostoso entrou para o Convento.
                               ================

Curiosidades.
Em Portugal, como aqui em Laguna, existe a tradição de duas imagens na mesma igreja. Uma grande e outra pequena.
Em Portugal,  somente a imagem pequena, sai em procissão todos os anos,
A grande, só sai em procissão, de CEM em CEM anos.
                                               ======
Em dias de instabilidade climática, bem que o nosso padroeiro poderia sair em procissão, protegido por uma redoma de acrílico. Proteção ao patrimônio artístico, cultural e religioso.
                                   ===========================


EIS AÍ SANTO ANTÔNIO DOS ANJOS – Tonico dos Anjos, retornando ao lar nos braços do povo.

Fogos espocam no ar. Sinos bimbalham, festivamente.



“ Santo Antônio/advogado nosso/...

                                     =================



EM SEGUIDA – A TREZENA
                                                                                                                           Com a benção do Santíssimo Sacramento. .                                                                                                                                                                            Momento de muita religiosidade.



“ Este é o mistério da FÉ”


























Visite Laguna durante  festa do seu padroeiro.
No mês de junho, venha aquecer seu coração.

=====================================================









___ Elementar meu caro Watson. A  “Operação agulha no palheiro” pode deixar o Juiz Moro num beco sem saída.
Se o integro magistrado resolver mesmo sair pelo Brasil, numa cruzada, a procura de um político honesto só terá decepção. É o mesmo que procurar agulha no palheiro
.
___ Mesmo que se convoquem os mais famosos detetives do mundo, a conclusão será a mesma: Missão impossível!

              Dizem, que a “ Propina,” como moeda de troca, já é cotada até na Bolsa de Valores.
                                       ================


              
                                             TEM BOI NA LINHA                    

   


Vereador Cleber da Rosa (PP) na lista da JBS.
                                 ======

Jornal  ND – Notícias do Dia, de Florianópolis, publicou em 20/05/17,  relação dos candidatos que disputaram eleição em 2.014 e que receberam doação da JBS. Valor total 14 milhões.
 Em sua campanha à Assembléia Legislativa (2.014) Cleber da Rosa (PP) recebeu, de forma indireta,  R$ 15.000,00 de doação da JBS.




===============================================
























































boas vindas. Sua devoção derruba as barreiras religiosas. Todos gostam do nosso Santo Antônio independente do credo que professam.

Aqui, na santa terrinha, Antônio se transformou no SÃO TONICO, um lagunense. Um santo com super poderes, mas, acima de tudo, um amigo na praça.
“Se milagres desejais/ recorrei a Santo Antônio”.
                                         =======

Nenhum comentário:

Postar um comentário

                                                                                                                                           ...