domingo, 18 de março de 2018




                                               
                                 SENHOR DOS PASSOS
                                   e outras histórias


                                       
.
      O encontro acontece na Praça do Museu Anita                    Garibaldi, antiga Praça da Bandeira.
                                       =========
A Semana Santa, pelo menos para os católicos, é um convite à meditação e à reflexão. A Páscoa é época de renascimento da fé e da esperança.
                                  ======
Na santa terrinha o período quaresmal  sofreu algumas mudanças no decorrer dos anos.
A matraca já não percorre as ruas da cidade, anunciando a quaresma.

                                    =====
A Procissão da Ressurreição que acontecia às 5 da manhã do Domingo de Páscoa, há muito tempo foi cancelada.
O roxo, cobrindo todos os altares e imagens, outra tradição aposentada. 



A encenação da Descida da Cruz, ao lado da Matriz, também, caiu no esquecimento.

                                =========
A procissão do Senhor dos Passos ( do Encontro), cuja Irmandade remonta ao ano de 1764 é realizada uma semana antes do Domingos de Ramos.                                                   Para muitos, tal evento que deveria ocorrer após o domingo de Ramos, contraria a cronologia histórica.
        Na realidade, não.
Pela liturgia da Igreja a Semana Santa começa pelo Domingo de Ramos.
A procissão de Passos é uma manifestação da religiosidade popular.
Na cidade de Braga, Portugal, a trasladação de Passos acontece no sábado, véspera do domingo de Ramos, e a procissão, no domingo, após a benção dos ramos.
Cada povo com seu uso, cada roca com seu fuso.
                     ======================



Nos tempos do cinema mudo, um grupo de músicos ficava encarregado de garantir o som  para os filmes.
Dias antes da estréia os músicos assistiam a fita, escolhiam as músicas, e deixavam as  partituras em ordem. Tudo para evitar uma gafe.
                         =======
Semana Santa. Os cartazes anunciavam para Sexta-Feira a apresentação do filme sacro “ Vida Paixão e Morte de Jesus Cristo”.
O Cine Teatro Palace estava lotado. Platéia silenciosa, respeitosa, contrita.
O espetáculo sobre a vida de Cristo, sempre, leva as pessoas a um estado indescritível de comoção e dor.
                                  ========
Diante da tela, no chamado “ poço da orquestra”, músicos a postos. Afinados, vão “dando voz” aos intérpretes. Trilha sonora bem variada, em cada cena: A estrela, o presépio, a fuga para Belém, a vida pública de Jesus, entrada triunfal em Jerusalém, etc.                                                                                                                                                                                                                                                                         Tudo perfeito não fosse aquele imprevisto.
Uma lufada de vento nordeste enfiou-se por uma porta lateral e jogou as partituras no chão, embaralhando tudo.
                                ===========
Começava a cena do “Lava-pés”.


Enquanto Jesus, num gesto de humildade, preparava-se para lavar os pés dos apóstolos, os músicos, desesperados folheavam as partituras em busca de música certa.


Os santos apóstolos já estavam descalços.
Ao ver o pé do apóstolo Pedro, 44 bico largo, um dos músicos, admirador da música popular, lembrou-se do compositor “ Sinhô”.
Sacou umas partituras, lá do fundo do baú, distribuindo-as entre os membros da orquestra.
Bem na hora.
Quando Pedro estendia seu pezão, a turma sapecou a música:

“ O pé de anjo, pé de anjo/ é  rezador,é rezador/ tem o pé tão grande que é capaz de machucar nosso  Senhor”.
                              ======
Não fosse o respeito que a população tinha pela “Sexta-Feira Santa”, toda a orquestra teria sido crucificada naquela noite.




TRAJE LEGISLATIVO



Presidente da Câmara de Imbituba teria baixado decreto proibindo, no recinto da Casa, vestimenta não condizente com o decoro parlamentar.

Não pode:
Saia curta ou blusa decotada;
Nada de barriguinha ou costas de fora;
Shorts, mini blusa ou mini saia, nem pensar.
Bermudas ou camisetas sem manga ( regata)
Parágrafo primeiro e único:
___ Nada de frescura.
Revogam-se as disposições em contrário.
                 ===========

Como o decreto não especifica o traje a ser usado, já tem loja na cidade oferecendo:

Burca  e os últimos modelitos de Adão e Eva.





Em tempo: pode ser que o Presidente não permita a “ moda Paraíso” durante o outono, estação em que as folhas caem...

=============


OS SINOS VOLTAM A BADALAR




                                                                                                       



O roubo do sino do Museu Anita Garibaldi continua sem nenhuma pista.

Esta semana alguém sugeriu a colocação de uma réplica do histórico badalo.
___ Um verdadeiro atentado à originalidade, teriam dito.
___ Se até, em defesa da saúde humana estamos ingerindo produtos genéricos, por que não substituir o sino roubado?
___  A valiosa imagem de São Miguel surrupiada por ladrões do interior da Matriz de Santo Antônio dos Anjos da Laguna, tombada pelo Patrimônio Artístico Nacional, foi substituída por  uma cópia. 
                                     =======                                                                                                                           
Aproveitando a badalação geral um cidadão perguntou:
___ Para  que servem os sinos da Igreja?
Na Matriz de Santo Antonio temos 4 sinos. Dois na torre sul:  Santo Antônio e Santa Terezinha, assim foram batizados.
Na torre norte mais dois, que são responsáveis pelas badaladas do relógio.
                              ======
___ Por quem os sinos dobram? Toda vez que o sino tocava fora de hora era sinal de algum falecimento.
Sete badaladinhas – pedido de orações. Paroquiana em difícil trabalho de parto. Assim era no passado.
                              ========
Os sinos conclamam os fiéis aos cultos dominicais e às procissões.
Para as festas do Padroeiro o toque dos sinos era diferente, cadenciado, produzindo uma melodia que o povo, irreverente, cantava assim:
“ Seu Lalau quer vintém/ seu vigário quer também”.

Lalau era o sacristão. Mais de 50 anos  de serviço na Matriz.
                                            =======
Pelos anais paroquiais, ficamos sabendo que o Danilo Prudêncio, atual Diretor  do CEAL – Conjunto Educacional Almirante Lamego,  foi o maior tocador de sino da paróquia.


========================= 

ANIVERSÁRIO DO DINOSSAURO
Nosso blog está completando um ano (4 abril) e ultrapassando 20.000 visualizações. Não sei se é uma média boa, mas estou contente porque sobrevivi, mesmo sem dominar a maioria das ferramentas deste mundo virtual.
                                           =====
Em vésperas de completar 85 de idade, sinto-me como os Flintstones visitando a Família Jetson.






Um ano de sobrevivência já é motivo de comemoração. Obrigado e saúde a todos


Um comentário:

  1. Parabéns pelos 85, muita saúde, alegrias e muito amor junto da querida Salete. Abraços meus e do Enio.

    ResponderExcluir

                        1676 – 2018   - LAGUNA COMEMORA 342 ANOS.                                       ==========               ...